Quinta, 27 Agosto 2020 13:04

NUCLEP MODERNIZA UM DOS MAIORES TORNOS VERTICAIS DO MUNDO E ABRE OPORTUNIDADES PARA OBRAS EM VÁRIOS SEGMENTOS

Reprodução: Petronoticias

A NUCLEP concluiu a modernização de um dos maiores tornos verticais do mundo, com capacidade para usinar peças de 500 toneladas, com diâmetro de até 16 metros. Essa modernização confirma a capacidade fabril diferenciada da empresa, investindo no que nenhuma outra caldeiraria da América do Sul pode fazer. Esse trabalho conclui mais uma etapa na modernização do  Parque Fabril da NUCLEP. O Diretor Industrial da companhia,  Affonso Alves, disse que o torno vertical é um diferencial na capacidade industrial brasileira. Uma conquista que deve ser explorada em todas as demandas estratégicas de peças de grande porte: “Estamos prontos não apenas para absorver as demandas do Programa Nuclear Brasileiro, mas para atender as necessidades de caldeiraria e usinagem de peças de grande porte, pesadas, de grande altura ou diâmetro”.

A placa, atualizada tecnologicamente, contém o novo Comando Numérico Computadorizado. Esse comando e o Torno, podem realizar operações como fresar, furar, mandrilar, entre outras diversas atividades mecânicas. Para o presidente da empresa, Almirante Carlos Henrique Silva Seixas, o objetivo é tornar a NUCLEP ainda melhor e diferenciada no mercado, prospectando mais oportunidades comerciais para a empresa: “A máquina faz exatamente o que as outras empresas não conseguem fazer devido as dimensões que ela tem. Essa estrela que tem um raio de usinagem de até 16 metros, ninguém tem. O Torno abrirá nossas portas à mais obras de setores que já atendemos como Nuclear, Naval, Defesa, Petróleo e Gás, Energia, Mineração, e com essa máquina em operação ambicionamos ampliar ainda mais o nosso portfólio”.