Segunda, 17 Janeiro 2022 14:33

Nuclep encerrou o ano de 2021 com o maior superávit de sua história

Reprodução: Petronotícias
A Nuclebrás Equipamentos Pesados (NUCLEP) encerrou o ano de 2021 com bons motivos para comemorar. A empresa encerrou suas atividades orçamentárias do período com R$ 7,2 milhões. O faturamento da companhia no ano foi de R$ 37,8 milhões com um viés de superávit, pela primeira vez na história da Nuclep, de cerca de R$ 105 mil.

Mesmo com os desafios impostos pela pandemia em 2021, o resultado orçamentário deixou evidente o esforço dessa gestão e de todos por uma NUCLEP em ascensão”, disse o Gerente Geral de Planejamento e Finanças, Genildo Rodrigues de Araújo.

O executivo disse ainda que todas as despesas e investimentos da companhia foram executados, conforme planejamento. “Encerramos a execução junto ao Ministério de Minas e Energia ratificando a integração e sinergia de todos os setores da Nuclep por um 2022 ainda mais bem sucedido”, finalizou.

Em entrevista recente ao Petronotícias, o presidente da Nuclep, Carlos Seixas, também se mostrou otimista em relação a este novo ano em termos de negócios. “As perspectivas para 2022, no meu entendimento, são excelentes.  Continuamos a fabricar para o Programa de Submarinos da Marinha, a seção chamada de BLOCO 40, para o protótipo do primeiro Submarino de Propulsão Nuclear do Brasil (SN-BR)”, disse.

Ele completou ainda dizendo que a Nuclep espera continuar a evoluir no mercado energético, tanto no segmento de transmissão de energia quanto na área nuclear. “Como única empresa nacional capacitada a fabricação e manutenção de equipamentos nucleares no Brasil, temos uma perspectiva atraente e robusta, de assinarmos dois contratos muito importantes para a Eletronuclear”, finalizou.