Quinta, 08 Outubro 2020 14:34

Setores financeiros da NUCLEP e AMAZUL trocam experiências em dia de visita à maior caldeiraria pesada do Brasil

Cada vez mais próximas e fortalecidas pelo novo momento pro Programa Nuclear da Marinha, as diretorias Administrativa e Financeira da NUCLEP e AMAZUL se reuniram ontem, na sede da Caldeiraria, em Itaguaí, para trocar experiências e alinhar melhor o operacional dos bastidores dessa grande aliança. 
A NUCLEP é a fabricante para a AMAZUL do Bloco 40, parte do protótipo, em terra, da planta nuclear do futuro submarino com propulsão nuclear brasileiro (SN-BR), que está sendo desenvolvido no Centro Tecnológico da Marinha em São Paulo (CTMSP).
Recebida pelo presidente da NUCLEP, C. Alte (RM1) Carlos Henrique Silva Seixas, pelos diretores Administrativo, C. Alte (RM1) Oscar Moreira da Silva Filho; Industrial, CMG/EN Affonso Alves; e Comercial, Nicola Mirto Neto; a comitiva que contou com as presenças do VA (IM) Wagner Corrêa dos Santos, diretor de Administração Financeira da AMAZUL ; CMG (RM1 - IM)  Décio Maia de Sales , Gerente de finanças da AMAZUL; CF (IM) Moreira,  assessor de Orçamento da CORM; CT (IM) Marinho, assessor das divisões de Finanças e Orçamento; Valdecir Oliveira, contador da divisão de Contabilidade; e o analista Administrativo, Reginaldo Marçal, responsável pelo Planejamento e Orçamento, foi acompanhada e ciceroneada a todo momento pelos Gerentes Gerais de Planejamento e Finanças da NUCLEP, CMG RM1-IM) Genildo Araujo, e de Materiais, CMG (RM1-IM) José Antonio Guerra Barreiros.
Após apresentação áudio visual da NUCLEP pelo presidente C. Alte Seixas, parte da comitiva visitou o piso fabril da caldeiraria, onde acompanhou parte da fabricação do Bloco 40, enquanto a outra ficou reunida com o gerente geral de Planejamento e Finanças da NUCLEP, CMG (RM1-IM) Genildo Araujo. Durante a visita à fábrica, que contou ainda com a presença do assessor da Diretoria Executiva, o engenheiro Cezar França, O VA (IM) Wagner Corrêa dos Santos destacou a importância histórica da empresa e a sua capacidade de realizar trabalhos específicos: “A expertise da NUCLEP vem de décadas e treinamento no exterior com os melhores, não há mão de obra mais qualificada”, disse.
Para o gerente geral de Planejamento e Finanças da NUCLEP, CMG (RM1-IM) Genildo Araújo: “A troca de experiências e conhecimentos na área administrativa e financeira é muito importante para nós" disse.

Divulgação: Gerência Geral de Comunicação da NUCLEP.