Segunda, 10 Agosto 2020 19:37

MESMO COM A PANDEMIA NUCLEP MANTÉM PREVISÃO DE FATURAMENTO DE ATÉ R$300 MILHÕES EM PRODUÇÃO DE TORRES DE TRANSMISSÃO

Mesmo com as dificuldades impostas à economia mundial como consequência do Novo Coronavírus, a NUCLEP segue perseguindo seus prazos e compromissos previamente assumidos junto ao Setor de Energia, mais precisamente, na implantação de sua nova fábrica, que já funciona como uma Linha de Produção de Torres de Transmissão de Energia.

Com a planta piloto em parceria, apoio técnico e comercial da empresa METHA, a NUCLEP já conta, hoje (10.8), com uma capacidade de produção de 1 mil toneladas de estrutura metálica por mês. A previsão é de que até setembro já estejam instalados outros cinco equipamentos novos, vindos da Itália, especialmente para a Linha de Produção, e que elevará essa capacidade de entrega de 1mil toneladas/mês para 3mil. Com a capacidade de produção triplicada, a NUCLEP se aproximará mais do faturamento necessário para que a empresa encontre sua perenidade e independência financeira.

“Temos hoje um contrato assinado com o maior grupo privado do setor elétrico do Brasil, a Neoenergia. Neste acordo, entregaremos à empresa, até maio de 2021, cerca de 11.800 toneladas de estrutura metálica”, afirmou o Gerente Geral de Produção, Gilmax Araújo.

A NUCLEP está fabricando oito tipos de torres para a Neoenergia. Nos próximos dias, duas serão testadas.
 
“Até o fim de agosto, início de setembro, as torres já estarão na Zincpower, em Campinas, para galvanização, e de lá seguem para os testes em Jacareí. Aprovadas, a NUCLEP entra em processo acelerado de produção com previsão de entrega do primeiro lote, com 3100 toneladas equipamentos metálicos à Neoenergia, já em outubro”, disse, animado, o diretor Comercial da NUCLEP, Nicola Neto.

Divulgação:  Comunicação Nuclep.

Nos visite no Youtube e saiba mais: https://youtu.be/SwVrkThg5Bs