Noticias

  • Em prol da educação NUCLEP recebe alunos da UEZO

    Alunos do curso de Tecnologia em Construção Naval do Centro Universitário Estadual da Zona Oeste – UEZO, estiveram na NUCLEP na última terça-feira (11.06) para uma visita técnica ao Parque Industrial.
    Guiados pelo engenheiro Emerson Alves, os graduandos puderam tirar dúvidas e fazer questionamentos relacionados às normas de segurança da empresa.
    A UEZO foi criada para ampliar o desenvolvimento tecnológico e econômico da Zona Oeste do Rio e atende à demanda de estudantes da região e de municípios como o de Itaguaí, o qual é diretamente beneficiado em progressos no seu Porto.
    Além do Tecnólogo em Construção Naval, a instituição de ensino oferece cursos superiores como Engenharia de Produção, Biotecnologia e Processos Metalúrgicos e é vinculada à Secretaria Estadual de Ciência, Tecnologia e Inovações – RJ, órgão este que recentemente firmou um protocolo de intenções com a NUCLEP, a fim de reativar a unidade da FAETEC localizada no Centro de Treinamento Técnico da empresa.
    Cada vez mais próxima de assuntos e projetos relacionados à educação, a NUCLEP, através de pedidos oficializados, abre as portas do Industrial para universidades que desejam conhecer o poder de construção e estrutura que a instituição possui.

  • Em visita à NUCLEP governador Wilson Witzel anuncia revisão do ICMS da empresa como incentivo à sua maior competitividade no mercado

    A NUCLEP recebeu na última sexta-feira (7.6), a visita do Governador do Estado do Rio de Janeiro, Wilson Witzel, que, acompanhado dos seus Secretários de Fazenda, Luiz Claudio Carvalho; de Ciência, Tecnologia e Inovação, Leonardo Rodrigues; o Subsecretário da pasta, Filippo Scelza; e de Desenvolvimento Social e Direitos Humanos, Fabiana Bentes; conheceu pessoalmente o potencial da maior caldeiraria do Brasil, o piso fabril da Nuclebrás Equipamentos Pesados.
     
    A vinda do Governador se dá depois do encontro com o presidente da empresa, C.Alte. Carlos Henrique Silva Seixas, no último dia 16 de maio, no Palácio Guanabara, em que os dois trataram da possibilidade da isenção da cobrança dos 20% de ICMS que o Estado recolhe da NUCLEP de forma a tornar a empresa mais competitiva no mercado. 
     
    Impressionado com a história, qualidade, estrutura e capacidade fabril da NUCLEP, o governador Wilson Witzel, que chegou a se emocionar em sua passagem pelo piso industrial da empresa, declarou que sua equipe da Secretaria Estadual de Fazenda se dedicará ao estudo de viabilidade para a apresentação de proposta de redução da carga fiscal da NUCLEP. 
     
    “A competitividade de outros países está cada dia maior e precisamos proteger e priorizar o Brasil e o nosso Estado com investimentos e alternativas que favoreçam o crescimento de nossas indústrias e geração de empregos. A NUCLEP tem um papel estratégico e histórico ao país atendendo aos setores de Defesa, Nuclear, Óleo e Gás e Energia e é nosso dever ajudá-la. O Contra Almirante Carlos Henrique Seixas pode contar com o nosso esforço e retorno breve no sentido de melhorarmos a vida fiscal da empresa”, disse o Governador. 
     
    Na visita de hoje avançaram também as tratativas com a Secretaria de Ciência e Tecnologia para a reativação da unidade da FAETEC no Centro de Treinamento Técnico Industrial, através de um convênio com o Governo do Estado.
     
    Participaram da agenda, o Chefe da Assessoria Especial de Gestão Estratégica do Ministério de Minas e Energia, V. Alt., Ney Zanella; os Diretores Administrativo, C.Alte. Oscar Moreira Filho; Comercial, Nicola Neto; e Industrial da NUCLEP, Comte. Affonso (CMG/EN); entre outras autoridades. 
     
     

  • NUCLEP marca presença no Seminário da Indústria de Defesa em Buenos Aires

    O Presidente da NUCLEP, Contra Almirante Carlos Henrique Silva Seixas, participou esta semana em Buenos Aires, na Argentina, do Seminário da Indústria de Defesa, organizado pela Embaixada do Brasil, e que foi encerrado na tarde de ontem (6.6), com a presença do Presidente Jair Bolsonaro.
    No encontro em que estiveram presentes ainda, o Chefe de Assuntos Estratégicos do Estado-Maior Conjunto da Forças Armadas, Almirante de Esquadra, Claudio Portugal de Viveiros; o Diretor-presidente da AMAZUL, Vice-Almirante, Antonio Carlos Soares Guerreiro; e o Coordenador Comercial da AMAZUL, Comte. Nilo de Almeida (CF); o C.Alte. Carlos Henrique Silva Seixas destacou a importância e contribuição da NUCLEP ao Programa de Desenvolvimento de Submarinos (ProSub), como empresa responsável pela construção dos Cascos Resistentes dos quatro submarinos convencionais Classe Riachuelo, tipo Scorpène. O primeiro destes, SBR-1, Riachuelo, já incorporado da frota Naval do país, tendo sido lançado ao mar pela Marinha do Brasil em dezembro de 2018.

  • Renovação da Frota Naval aproxima Chile do Brasil sinalizando possível parceria

    Em Brasília na última sexta-feira (31.5) para prestigiar a Cerimônia de Transmissão do Cargo de Chefe do Estado-Maior da Armada ao Almirante de Esquadra Celso Luiz Nazareth, o presidente da NUCLEP, Contra Almirante Carlos Henrique Silva Seixas, e o Chefe do Estado-Maior Geral da Armada do Chile, Vice Almirante Guillermo Lüttges Mathieu, iniciaram conversa que pode resultar boa parceria.
    A Marinha do Chile, que desde a década de 90 opera com dois submarinos IKL-209 e dois Scorpène, tem planos de investir em novas unidades ou na recuperação da frota atual.
     
    “É apenas uma aproximação das Marinhas nesse sentido, mas, claro, a NUCLEP tem toda capacidade, estrutura e know how para contribuir com a construção ou modernização da frota Naval chilena.
    O lançamento do Riachuelo ao mar em dezembro de 2018, e a futura entrega dos outros três S-BR ao Prosub, relembrou ao mundo que o Brasil é parte do seleto grupo de países capazes de construir”, disse o presidente da NUCLEP, C. Alt. Carlos Henrique Silva Seixas.
     
    Com o Contra Almirante Carlos Henrique Silva Seixas, estiveram ainda na cerimônia, o Vice-Almirante José Carlos Mathias, Diretor do Patrimônio Histórico e Documentação da Marinha; Julio Alexandre Menezes da Silva, Secretário-Adjunto de Coordenação e Governança das Empresas Estatais (SEST); Fernando Antônio Ribeiro Soares, Secretário da SEST; e o Almirante de Esquadra, Marcos Silva Rodrigues, Secretário Geral da Marinha -SGM.

  • Presente ao fórum anual da ABDIB Presidente da NUCLEP celebra a confirmação para este ano do maior leilão de Óleo e Gás do mundo

    O presidente da NUCLEP, C. Alte. Carlos Henrique Silva Seixas, e o diretor Comercial da empresa, Nicola Neto, participaram hoje (21.5), em Brasília, do primeiro dia do Fórum 2019 da Associação Brasileira da Infraestrutura e Indústria de Base (ABDIB), que este ano tem como tema principal as ‘Estratégias para a retomada da Infraestrutura’. Serão dois dias inteiros de palestras e discussões sobre os temas mais importantes do segmento, com a presença de agentes públicos e integrantes da iniciativa privada.
    Na abertura do evento que contou com as presenças, entre outras autoridades, do Ministro-chefe da Secretaria de Governo, Carlos Alberto dos Santos Cruz, e do Presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Dias Toffoli, o presidente do Conselho de Administração da ABDIB, Britaldo Soares, demonstrou um otimismo cauteloso para 2019. 
    “Estamos no início de um novo ciclo, com uma agenda de reformas estruturais necessárias e a infraestrutura entre os segmentos cujos investimentos são prioritários. É o momento em que reunimos o setor, agentes públicos e iniciativa privada para debater os desafios e as soluções para a retomada dos investimentos em infraestrutura, além da remoção dos entraves”, disse.
    O início dos debates se deu na parte da tarde, com destaque para os painéis simultâneos sobre Transportes e Logística; Saneamento Básico e Resíduos Sólidos; e Energia, este, capitaneado pelo Ministro de Minas e Energia, Alte Esq. Bento Albuquerque Junior, e com a participação do diretor da ANEEL, Sandoval Feitosa; do Presidente do CADE, Alexandre Barreto de Souza; do diretor-geral da ANP, Décio Fabricio Oddone; e do Presidente da Eletrobrás, Wilson Ferreira Junior.
    Já em sua fala inicial o ministro Bento reforçou as boas novas . “Hoje é um dia importante pois o MME conquistou a aprovação pelo Conselho de Administração da Petrobras da assinatura do termo aditivo do contrato de Cessão Onerosa. O maior leilão do mundo na área de Óleo e Gás está previsto para o último trimestre deste ano. Serão ofertadas quatro áreas da Bacia de Santos: Atapu, Búzios, Itapu e Sépia”, celebrou.
    Para o presidente da NUCLEP, esse Fórum já é uma tradição anual da ABDIB, no qual, em consenso, é proposta aos Três Poderes uma agenda positiva à indústria de base. 
    “É fundamental a participação e network da NUCLEP nesse evento que reúne todas as premissas e propostas para o reequilíbrio e ascensão dos setores chave ao desenvolvimento do país. Nesse ano estão previstos os leilões de blocos exploratórios de petróleo, os relacionados ao setor elétrico, tanto para expansão de geração quanto para transmissão, além de leilão de excedente da cessão onerosa, no caso do petróleo. A escalada do setor energético tem sido tema de primeira ordem nos debates econômicos e de desenvolvimento nacional, e mais uma vez o ministro e Alte. Esqu. Bento Albuquerque nos deixou ambiciosos e otimistas com o cenário”,  finalizou o C.Alte Seixas.

  • Presidente da NUCLEP defende redução do ICMS em encontro com o Governador Wilson Witzel

    De olho no mercado e na ascensão comercial da NUCLEP este ano, o presidente da empresa, C. Alte. Carlos Henrique Silva Seixas, reuniu-se ontem (16.5) pela manhã, no Palácio Guanabara, com o Governador Wilson Witzel.

    A pauta do encontro, intermediado pelo Deputado Federal, Áureo Ribeiro, foi a redução no valor da alíquota do ICMS que a NUCLEP paga ao Estado. Hoje, são recolhidos 18% do valor total de qualquer nota fiscal emitida pela empresa, o que encarece o custo final da venda ao cliente. A isenção ou redução do valor do imposto permitiria à NUCLEP oferecer um custo mais baixo, o que a deixaria mais competitiva e atraente ao mercado.

    O presidente da NUCLEP, Carlos Henrique Silva Seixas, celebrou a iniciativa. “O Governador foi muito receptivo e saio otimista da reunião. A NUCLEP precisa de fôlego para se equilibrar ao novo momento que estamos prospectando. Esperamos chegar ao fim do ano com novas frentes e oportunidades. É preciso que o Estado do Rio, onde a NUCLEP está sediada e emprega mais de mil fluminenses, invista na nossa capacidade de crescimento e recuperação. A redução dessa cobrança dará celeridade a esse processo”, disse.

    Na reunião, que contou ainda com as presenças do ex Deputado Federal, Alexandre Valle, itaguaiense e defensor das ações que beneficiem a cidade, e de representantes de Secretaria Estadual de Ciência, Tecnologia e Inovação (SECTI), foi também discutida a parceria com o órgão pela reativação da unidade da FAETEC no Centro de Treinamento Industrial da NUCLEP. “O Governador Wilson Witzel dará sequência aos entendimentos feitos hoje aqui, numa visita à NUCLEP nos próximos dias. Será uma alegria poder apresentá-lo ao nosso piso fabril. Tenho certeza que ele sairá de lá certo da necessidade de nos atender”, finalizou o C. Alte. Seixas.

  • NUCLEP assina protocolo de intenções para parceria com SECTI

    O presidente e Contra-Almirante Carlos Henrique Silva Seixas, assinou nesta segunda-feira (13), um protocolo de intenções de Cooperação com os subsecretários do Setor Tecnológico e Inovativo, Filippo Scelza, e de Políticas Públicas e Ensino Tecnológico, Rafael Alves, ambos ligados à Secretaria Estadual de Ciência, Tecnologia e Inovação – RJ, a fim de reestabelecer a parceria e reativar a unidade da FAETEC localizada no Centro de Treinamento Técnico da NUCLEP.

    “Essa iniciativa é de extrema relevância social tanto para NUCLEP como para FAETEC. O impacto que causamos na região e na vida das pessoas é essencial e determinante no rumo de muitos indivíduos. Além de educar profissional e tecnologicamente, prepara o cidadão para o mercado de trabalho”, ressaltou o presidente.

    O subsecretário de Políticas Públicas e Ensino Tecnológico, Rafael Alves, que também ocupa o cargo de superintendente de Projetos de Ensino Tecnológico, áreas que atuam diretamente em parceria com a direção da FAETEC, declarou estar ansioso para a conclusão da futura cooperação – “A ideia é que o projeto saia do papel o mais rápido possível”.

    Em visita ao Centro de Treinamento Técnico, guiada pelo diretor Industrial comandante Affonso Alves e pelo técnico Industrial Manoel Neto, o subsecretário Filippo elogiou a estrutura que o ambiente oferece para a retomada do projeto, - “A NUCLEP conta com um dos mais elaborados centros de ensinamento do Rio de Janeiro, o local é perfeito para receber a unidade novamente”.

    Responsável pela implementação da política de Educação Profissional e Tecnológica pública e gratuita no Estado do Rio de Janeiro, a Fundação de Apoio à Escola Técnica - FAETEC, é vinculada à Secretaria de Estado de Ciência e Tecnologia e Inovação. Atualmente, a Rede atende cerca de 300 mil alunos por ano em mais de 130 unidades de ensino, que somam a oferta no Ensino Técnico de Nível Médio, na Formação Inicial e Continuada/Qualificação Profissional e na Educação Superior.

  • Presente ao maior encontro mundial do setor de óleo e gás presidente da NUCLEP celebra os 39 anos da empresa com grandes perspectivas

    Presente a todos os dias da Offshore Technology Conference 2019 (OTC), em Houston, nos Estados Unidos, o presidente da Nuclebrás Equipamentos Pesados S.A., C. Alte. Carlos Henrique Silva Seixas, celebrou o  interesse internacional pela indústria brasileira de Óleo e Gás .

    “É impressionante o momento de crescimento que o setor nacional atravessa em função dos novos leilões do Pré-Sal e do excedente da Cessão Onerosa que acontecem este ano. 

    Há um enorme interesse dos investidores estrangeiros na exploração dos blocos de petróleo anunciados pelo Ministério de Minas e Energia.  Não poderia haver presente melhor de aniversário para a NUCLEP do que as perspectivas comerciais que a OTC nos traz”, disse.

    O presidente que desde segunda (6.5) participa da OTC, está acompanhado dos diretores Administrativo, C.Alte. Oscar Moreira Filho, e Comercial, Nicola Neto, com o objetivo de prospectar novas parcerias e oportunidades para a NUCLEP.

    “Estamos presentes às reuniões, palestras e encontros com investidores pautados pelo secretário de Petróleo, Gás e Biocombustíveis do ministério de Minas e Energia, Márcio Félix, e acredito que o que tem sido apresentado pelo nosso Governo será revertido em grandes resultados e novos negócios”, reforçou o C.Alte, Carlos Henrique Silva Seixas.

  • Pioneira na construção de blocos estruturais para Petrobras Nuclep prospecta novas parcerias na OTC

    De olho em novas prospecções e oportunidades comerciais para a Nuclebrás Equipamentos Pesados S.A, e acompanhado dos seus diretores Comercial, Nicola Neto, e Administrativo, C. Alte. Oscar Moreira Filho, o presidente da empresa, C. Alte. Carlos Henrique Silva Seixas, marca presença de hoje (6.5) a quinta (9/5), na "Offshore Technology Conference" (OTC) 2019, em Houston, nos Estados Unidos.

    Celebrando a sua 50ª edição com a participação de mais de 2.4 mil empresas de 120 países, a OTC é o maior evento de petróleo e gás natural do mundo. 

    Para o presidente da NUCLEP, C.Alte Carlos Henrique Silva Seixas, a OTC é sem dúvida uma vitrine importante por promover o encontro direto com os maiores investidores do setor.

    “Estamos em um momento especial em que as maiores indústrias do setor de Óleo e Gás estão com os olhos voltados ao Brasil.  O ministro de Minas e Energia, Alt. Esq. Bento Albuquerque, recentemente declarou investimentos de quase R$ 2 trilhões no setor energético brasileiro. Até 2027, serão R$ 1,5 trilhão em petróleo, gás e biocombustíveis.

    Como pioneira na construção de blocos estruturais para as plataformas P-51 e P-56, da Petrobras, a NUCLEP é diferenciada por sua capacidade fabril e qualidade. Nossa missão aqui na OTC é inserir a empresa no mercado mundial como protagonista nacional do setor”, disse.

  • Engenharia da NUCLEP ganha duas bolsas de estudo no Programa de Mestrado Profissional do CBPF

    O corpo de engenheiros da Nuclebrás Equipamento Pesados S.A foi agraciado na última semana, com duas bolsas de estudo no Programa de Mestrado Profissional do Centro Brasileiro de Pesquisa Física (CBPF), como resultado da visita do seu Diretor e Pesquisador em Física, Dr. Ronald Shellard, às instalações da Nuclep.

    O Diretor da CBPF, acompanhado do Tecnologista Dr. Rodrigo Félix e dos técnicos em Mecânica, Igor, Thiago e Ronaldo, foi recebido pelo Diretor Industrial da Nuclep, Comte. Affonso Alves, que além de apresentá-los ao chão de fábrica e ao CTT, em reunião, deu início às tratativas para futuras parcerias.

    “O desenvolvimento está enraizado na história da Nuclep, aqui temos um Centro de Treinamento que desde 1979 capacita e requalifica colaboradores para aprimoramento das competências produtivas da empresa. Oferecemos assim a infraestrutura para que o profissional enriqueça seu repertório técnico, da mesma forma que o CBPF serve de suporte para grupos de pesquisa no Brasil e no exterior”, destacou o diretor Affonso.

    Durante a visita ao parque fabril, os convidados se impressionaram com o poder de produção industrial e qualidade de seus equipamentos. Posteriormente, foram recebidos pelo técnico Industrial Manoel Neto, no Centro de Treinamento Técnico, para uma breve apresentação à premiada “escola de fábrica” da Nuclep.

    O Programa de Mestrado da qual participarão dois engenheiros da Nuclep é um polo formador de engenheiros e técnicos altamente capacitados, com foco em Instrumentação Científica, e tem como objetivo preparar profissionais que apoiarão atividades desenvolvidas em grandes laboratórios e centros de pesquisa, projetando equipamentos inovadores ou modificações em infraestruturas já existentes. A iniciativa possui resultados relevantes em sua história, como o registro de patentes e produção de dissertações.

    Fundado em 1949, no Rio de Janeiro, o Centro Brasileiro de Pesquisas Físicas, hoje vinculado ao Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações, atua como instituto nacional de física e polo de investigação, treinamento e aperfeiçoamento de pessoal científico. Além da excelência internacional na área de pesquisa e pós-graduação em Física, a entidade realiza estudos e experimentos em campos como altas energias, astropartículas, nanotecnologia, ciência dos materiais e magnetismo.

Páginas